Links sobre conectivismo

Esta é uma compilação de links úteis como ponto de entrada para algumas das discussões sobre o conectivismo e o sentido da educação:

  • Conectivismo: Uma teoria de aprendizagem para a era digital (2005): Este é um artigo (inglés / espanhol) de George Siemens que propõe as suas idéias iniciais sobre conectivismo. Vale a pena dizer que, como sugere Kuhn, estas idéias podem ser surgir como uma explicação que ainda não pode ser considerada teoria (e muito menos paradigma), mas que acrescenta valor, dá sentido a novos entendimentos sobre o cérebro humano e do impacto da tecnologia nos processos de aprendizagem. Eu, pessoalmente, acho uma grande relação entre estas idéias e meus próprios processos de aprendizagem. George mantém um site dedicado a este tema no connectivism.ca.
  • Stephen Downes: Seu boletim diário OLDaily é motivo suficiente para inclui-lo nesta lista. Stephen também tem escrito sobre conhecimento conectivo, uma questão que tem relação direta com as noções de conectivismo, ele sugeriu o termo e-learning 2.0 e é um forte promotor da idéia de que cada pessoa deve se encarregar da sua própria aprendizagem (com as implicâncias que isso provoca).
  • Michael Wesch: A importância do Wesch reside na sua capacidade de comunicar idéias complexas. Seu vídeo "A vision of students today" (assim como seus outros vídeos), e seu artigo "Anti-ensino" (inglés / espanhol), trazem idéias de pessoas como Postman ou Freire, no meio de um ambiente fortemente influenciado pelas tecnologias da informação e comunicação.
  • Peter Ilich: Deschooling Society é um livro que pode ser visto como abertamente radical da mesma forma que o Freire ou o Postman (em seu Teaching as a subversive activity) podem ser. O seu valor reside no tipo de reflexões que gera, tendo em conta que as soluções que propõe não são necessariamente fáceis de implementar.
  • John Taylor Gatto: Seu livro Underground History of American Education mostra uma imagem um tanto inesperada das razões que levaram ao surgimento da escola básica, tal como a conhecemos hoje. Lembra-nos também que os nossos sistemas escolares são relativamente recentes, e coloca uma ênfase especial sobre as razões econômicas detrais da sua execução (da mesma forma que o destaca Cuidado, Escola!).

(Para mis lectores en español, como verán este es mi primer post en portugués. :D Tal vez habrá algunos, pero muy ocasionales).

Creative Commons License: Attribution, Share-AlikeA excepción de que se indique lo contrario, este contenido está publicado bajo una licencia Creative Commons.


Sobre el autor

Soy Diego Leal .

©2017 Diego E. Leal Fonseca. Partes de este sitio están disponibles bajo licencia Creative Commons BY-NC-SA

Log in with your credentials

Forgot your details?